• 1

Esgoto Condominial



O sistema condominial de esgotamento sanitário é o padrão adotado pela Caesb para ampliação da estrutura de coleta de esgotos do Distrito Federal, fruto da constatação da inviabilidade econômica e financeira do modelo tradicional em apresentar solução a curto prazo para a universalização dos serviços.

A adoção desse padrão tem por objetivo, portanto, dar atendimento pleno à população com serviços de esgotamento sanitário, promovendo, ao mesmo tempo, a conscientização da comunidade sobre a importância do serviço para sua saúde e sobre os cuidados de manutenção da rede.

Do ponto de vista do dimensionamento hidráulico e em relação aos parâmetros de projeto, não existem inovações na modalidade condominial. A mudança está na concepção do projeto, que transfere para o interior do condomínio (quadra ou quarteirão urbano), a passagem dos ramais da rede, reduzindo bastante a extensão de tubulação necessária. Há três modalidades de ramal condominial: ramal de fundo de lote, ramal de jardim e ramal de passeio. A população, em reuniões com técnicos da Caesb, decide sobre o tipo de ramal e como executá-lo.

Essa mudança promove uma redução de custos significativa e permite ampliar consideravelmente o percentual de população atendida, utilizando-se o mesmo volume de recursos financeiros.

A participação comunitária é a base do sistema condominial, constituindo elemento fundamental da metodologia de implantação desse tipo de solução, incorporando a população na solução coletiva dos problemas locais de saneamento.

caesb social

    Caesb Social    
   
Conheça os Projetos de Responsabilidade Social apoiados pela Caesb. 
 
 
       

caesb cultural

    Caesb Cultural    
   
A Caesb incentiva projetos culturais e possui espaços para estas atividades. 
 
 
       

caesb ambiental

    Caesb Ambiental    
 
Saiba quais são as atividades ambientais desenvolvidas pela Caesb.