• 1

A Caesb

13/07/17 - Membros do Conselho de Consumidores da Caesb visitam obras da Companhia

No último dia 19, membros do Conselho de Consumidores visitaram as obras do Sistema Corumbá, parceria do Governo do Distrito Federal e Governo do Estado de Goiás que visa ampliar a capacidade de abastecimento da cidade, e obras do Lago Paranoá que apoiará o Sistema Produtor do Descoberto. As visitas tiveram o acompanhamento do gestor Sr. Carlos Dantas e do fiscal responsável, Sr. Mauro Souza, que puderam esclarecer um pouco do que estava sendo executado e da dimensão e importância das obras em questão.

Sr. Rodolfo Rodrigues, membro do Conselho representante da categoria residencial afirmou: “As obras estão seguindo normalmente de acordo com o cronograma e avançadas em algumas etapas. Com relação à parte que compete à Saneago, pude observar que, apesar do atraso sofrido nas obras de infraestrutura devido paralização anterior, a retomada das mesmas com uma boa força tarefa, terá tudo para se igualar ao cronograma oficial”. Essa foi a primeira visita realizada pelos membros do Conselho, que tomaram posse em fevereiro deste ano e deste então estão desenvolvendo o trabalho inicial de ambientação junto aos trabalhos executados pela Caesb de modo a melhor se qualificarem para o desempenho de suas funções no mandato que vai até o ano de 2019. 


8º Fórum Mundial da Água




O 8º Fórum Mundial da Água quer ouvir você.
No dia 12 de junho começou a segunda rodada de debates da plataforma “Sua Voz”, um espaço online de consulta aberta para que pessoas do mundo todo colaborem e influenciem nas discussões do Fórum. Durante oito semanas, mesmo aqueles que não são especialistas, poderão sugerir temas para serem discutidos no maior encontro sobre água do planeta, além de compartilhar ideias, experiências e soluções para melhorar a gestão da água. 

“Sua Voz”: participe da segunda rodada de debates

 

Publicações: Acompanhe os newsletter do 8º WWF

Facebook:  www.fb.com/WorldWaterForum8 


 

 

Mensageiros da Água

mensageirosdaagua

Decreto 37.976, de 24 de janeiro de 2017 declarou situação de emergência e determinou restrições para o uso da água no Distrito Federal pelo período de 180 dias, tendo em vista a redução do volume de água nos reservatórios utilizados para o abastecimento humano. Isso se deu em razão da estiagem classificada como desastre 1.4.1.1.0, conforme Instrução Normativa nº 2, de 20 de dezembro de 2016, do Ministério da Integração Nacional.

Sendo o espaço educativo formal da escola um ambiente estratégico para a disseminação de informações de relevante importância e interesse público, fez-se necessária e oportuna a articulação do Governo com esses espaços de forma a publicizar informações confiáveis e seguras, de forma ágil, além de promover ações e esforços conjuntos no enfrentamento à Crise Hídrica no Distrito Federal. 

Nesse sentido, o Governo de Brasília, juntamente com instituições parceiras, solicitou indicação e convocou representantes das escolas públicas do Distrito Federal para uma força-tarefa que se denomina “Mensageiros da Água".


Mensageiros da Água contra o Aedes aegypti

 


 

Ligação de Água

As solicitações de novas ligações, a critério do usuário, poderão ser solicitadas na Central 115, Unidades de Atendimento, Escritório Online ou Postos do Na Hora, desde que a unidade usuária não possua restrições para execução do serviço. 

No caso de solicitações realizadas através da Central 115 o usuário deverá encaminhar para o e-mail disponibilizado cópia do documento pessoal, do imóvel e Termo de Solicitação de Ligação. 

Para solicitações nos Unidades de Atendimento presencial o usuário deverá levar original e cópia do documento pessoal, do imóvel e Termo de Solicitação de Ligação. 

Não serão executadas ligações para usuários que possuem débitos junto à Caesb vinculados ao seu CPF ou CNPJ. 

Segue, abaixo, lista de documentos a serem apresentados, bem como Termo de Solicitação de Ligação e croquis de instalação do padrão de ligação. 

Informações adicionais podem ser obtidas por meio da Central 115, Unidades de Atendimento ao Público, Escritório Online e Postos de Atendimento do Na Hora.
 

Documentos 

Do usuário: 

  1. Cadastro de Pessoa Fisica – CPF (pode ser substituido pela Carteira de Identidade que contenha o número do CPF); 
  2. Carteira de identidade expedida por órgão competente, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Certificado de Reservista Militar, Carteira emitidas por Conselhos Regionais, Passaporte, Documentos funcionais expedidos por Órgão do Distrito Federal e União, CNH modelo com foto e outros com validade instituída por Lei; e 
  3. Sendo o imóvel de propriedade de pessoa jurídica, alem dos documentos descritos no item 1.1 e 1.2, devem ser apresentados: ata de constituição, consolidação ou assembléia de acionistas (para sociedades civis, anônimas, ONGs e religiosas), Contrato Social (para LTDA) ou Declaração de Firma Individual (para Firma Individual) e o cartão do CNPJ, além dos documentos constantes do item 1.1 e 1.2 do representante legal e procuração se tratando de preposto. Todos os documentos da pessoa jurídica devem conter autenticação das Juntas Comerciais ou Cartório de Ofício de Notas. 


Para comprovação de propriedade ou posse da unidade usuária: 

  1. Carnê do IPTU, expedido no máximo há dois anos, com contracapa ou cabeçalho que contenha endereço completo e nome do titular. 
  2. Certidão Positiva de imóvel expedida por Órgão do Governo do Distrito Federal – GDF, contendo endereço do imóvel e nome do promitente ou proprietário. 
  3. Certidão de ônus reais expedida por Ofício de Imóveis. 
  4. Escritura expedida por Ofício de Imóveis. 
  5. Procuração para fins específicos relacionados ao imóvel, feita por escritura pública, com termo de comprovação de posse confirmado por tabelião ou escrivão. 
  6. Procuração para fins específicos relacionados ao imóvel, feita sem o termo de comprovação de posse confirmado por tabelião ou escrivão, com cópia de documento que comprove a propriedade do imóvel do outorgante. 
  7. Instrumento particular de procuração para fins específicos relacionados ao imóvel, com firma reconhecida, anexado o documento que comprove propriedade do imóvel por pessoa que instituiu o procurador. 
  8. Cessão de direitos, com firma reconhecida em cartório. 
  9. Contrato de compra e venda emitido pela Terracap. 
  10. Contrato de cessão de posse agrária fornecido pelo Incra, Emater ou outro Órgão Estatal com finalidade de assentamento rural ou semi-urbano. 
  11. Contrato de arrendamento de área urbana fornecido por Órgão do Governo do Distrito Federal ou da União. 
  12. Termo Judicial de audiência de ações de inventário, divórcio, usucapião, partilha de bens, falência, concordata e outras que, por determinação do juiz, transmita o poder de propriedade, administração, utilização, usufruto ou de inventariante para o solicitante. 
  13. Termo de Concessão de uso emitido por Órgão Público, tais como Administrações Regionais, IDHAB, Fundação Zoobotânica ou Superintendência do Patrimônio da União no Distrito Federal. 
  14. Declaração de cessão do imóvel com firma reconhecida em cartório, do proprietário ou posseiro do imóvel, acompanhada da comprovação da posse ou propriedade do imóvel.

 
Anexos:

Sub-categorias

caesb social

    Caesb Social    
   
Conheça os Projetos de Responsabilidade Social apoiados pela Caesb. 
 
 
       

caesb cultural

    Caesb Cultural    
   
A Caesb incentiva projetos culturais e possui espaços para estas atividades. 
 
 
       

caesb ambiental

    Caesb Ambiental    
 
Saiba quais são as atividades ambientais desenvolvidas pela Caesb.